O violeiro, cantor e compositor Pereira da Viola nasceu em São Julião, pequena comunidade rural do Vale do Mucuri, norte de Minas Gerais. Em seus 17 anos de carreira, Pereira tem cinco CDs lançados: “Terra Boa”, “Tawanará”, “Viola Cósmica”, “Viola Ética” e ”Akpalô”.

Pereira da Viola cresceu em um ambiente humilde, mas de grande riqueza cultural, impregnado pela cultura afro-indígena e pelos sons das folias. Seu pai, João Preto, era sanfoneiro e sua mãe Augusta, líder e cantadeira nas festas do reisado. Aos 11 anos, tornou-se autodidata em violão. Com 14 anos, começou a se apresentar em shows de calouros, sendo premiado em todos.

Em 1982, influenciado pelas obras de artistas como Dércio Marques, Rubinho do Vale, Titane e Milton Nascimento, passou a compor músicas que retratavam sua história. Em 1986, foi apresentado à viola e se encantou pelo instrumento. Junto com sua primeira viola ganhou de um amigo o apelido, uma homenagem ao músico Paulinho da Viola. A brincadeira acabou lhe rendendo seu nome artístico.

Foi com o folião Valdão que Pereira aprendeu a tocar a viola utilizando, simultaneamente, o tampo para percussão, o que deu origem a suas famosas batidas de contra-dança, batuques e voltados-inteiro. Este momento marca o encontro definitivo do trabalho do artista com suas origens. A busca pelas raízes do povo brasileiro e seu envolvimento com os povos indígenas o leva a se apresentar no Acre, Amazonas, Mato Grosso e São Paulo.

É na capital paulista que Inezita Barroso conheceu o trabalho de Pereira e, imediatamente, o convidou a dar uma entrevista no programa “Mutirão”, na Rádio USP-SP. Logo em seguida, os dois já dividiam um show no Teatro Popular do Sesi – SP.

Em 1993, Pereira gravou de forma independente seu primeiro disco, "Terra Boa". Em 1996, em parceria com a Lapa Disco, gravou seu segundo CD, "Tawaraná" – nome de uma dança indígena do Xingu –, disco que lhe rendeu a indicação ao Prêmio Sharp da Música.

Em 1998, participou do projeto Violeiros do Brasil, que reuniu 12 violeiros das várias regiões do país, no Sesc Pompéia, em São Paulo. O encontro resultou num CD homônimo, gravado pelo selo “Núcleo Contemporâneo” e em um especial da TV Cultura. Ainda em 1998, gravou seu terceiro disco solo, "Viola Cósmica" (Lapa Discos). O disco contou com a participação de quatro grandes violeiros: Paulo Freire, Brás da Viola, Ivan Vilela e Roberto Corrêa; além do rabequeiro Fiaminghi e da cantora Titane. O CD tem também a participação especial de sua mãe, Mãe Augusta.

Em 2001, Pereira da Viola lançou de forma independente o quarto disco de sua carreira, "Viola Ética". Produzido e dirigido pelo próprio artista, o CD contou com participação especial de Inezita Barroso, Paulo Freire e Brás da Viola.

Em 2003, Pereira promoveu o Encontro Nacional de Violeiros, em Ribeirão Preto. O evento recebeu 10 mil pessoas e resultou na criação da Associação Nacional dos Violeiros, entidade que busca valorizar a cultura caipira e lutar por melhores condições de trabalho para a categoria. Pereira foi escolhido presidente da Associação, cargo que ocupa até 2008.

Em 2005, Pereira partiu para uma turnê pela Venezuela, onde representou o Brasil no Festival da Canção Necessária, onde foi agraciado pelo público e pela mídia venezuelana.

Em 2006 participou do “CinePort”, festival de cinema dos países lusófonos, e do Festival “Rotas”, ambos realizados em Portugal, nas cidades de Lagos e Lisboa.

Em 2007 lançou o seu quinto álbum, batizado “Akpalô” que, em nagô, significa “contador de histórias, aquele que guarda e transmite a memória do seu povo”. Sem dúvida, o nome retrata com maestria a influência da cultura do Vale do Mucuri na trajetória e no trabalho do artista, bem como sua importância como porta-voz da região.

Considerado por Pereira como um divisor de águas em sua carreira, O CD conta com direção e arranjo de André Siqueira e com as participações especiais de Tambolelê, Titane, Celso Moretti, Rubinho do Vale, Gabriel Guedes, Dércio Marques e Lígia Jacques.

PRODUTORA:ASSESSORA DE PRODUÇÃO: Tuca Rodrigues
FONE: 3482-6674 e 9954-6721
Myspace.com/pereiradaviola
producao@pereiradaviola.com.br
Álbuns (5)
Músicas (33)
# Música Álbum
1 Akpalô Akpalô
2 Tá no tombo Akpalô
3 Viola in blues Akpalô
4 Viola cósmica Akpalô
5 Misturas e mistérios Tawaraná
6 Boi de Isnaldo Tawaraná
7 Fantasia rabizal (instrumental) Tawaraná
8 Saudade da terra boa (instrumental) Tawaraná
9 Aboiador de viola Tawaraná
10 Mãos de pilão (instrumental) Tawaraná
11 Embolada de cabloco Tawaraná
12 Sinhá Maria Tawaraná
13 Forró do miudinho Tawaraná
14 Lamento do rio Viola cósmica
15 Carreirando Viola cósmica
16 Boi encantado Viola cósmica
17 Viola cósmica Viola cósmica
18 Menina Flor Terra boa
19 Margarida Terra boa
20 Bicho calango Terra boa
Powered by Music Collection for Joomla!