Abel Ferreira

Compartilhe

O instrumentista e compositor Abel Ferreira nasceu em Coromandel (MG) em 15/2/1915 e faleceu no Rio de Janeiro em 13/4/1980. Aos 17 mudou-se para Belo Horizonte e passou a tocar sax alto e tenor, apresentando-se na Rádio Guarani. Clarinetista e saxofonista, iniciou sua carreira tocando em rádios de Belo Horizonte e São Paulo e em bandas no interior de Minas. Gravou suas primeiras composições, o choro “Chorando baixinho”, em solo de clarineta, e a valsa “Vânia”, em solo de saxofone, em 1942, na Columbia de São Paulo, com o acompanhamento do regional de Pinheirinho. Em 1943 foi para o Rio de Janeiro, onde passou a integrar a orquestra do Cassino da Urca. Quatro anos depois formou seu próprio conjunto, que acompanhou estrelas do rádio como Silvio Caldas, Francisco Alves, Orlando Silva, Marlene e Emilinha Borba.

Em 1949 ingressou na Rádio Nacional, onde passou a se apresentar como líder da Turma do Sereno; tocou no mesmo ano com Rui Rei e sua Orquestra, gravando na Todamérica seu choro Acariciando (com Lourival Faisal). Com Paulo Tapajós, seu companheiro na Rádio Nacional, formou em 1952 a Escola de Ritmos, que viajou por todo o Brasil. Dois anos depois lançou na Copacabana o LP Jantar dançante e, em 1955, No tempo do cabaré.

Na década de 50 viajou pelo Brasil e pela Europa, em excursão para divulgação da música brasileira que resultou no LP "Os Brasileiros na Europa". Viajou pelos EUA e Havaí, com o pianista Benê Nunes, em 1960, e pela Argentina com Waldir Azevedo, em 1961.

Voltou à Europa em 1964-1965, gravando nesse último ano o disco Abel Ferreira e sua turma. Visitou a URSS e outros países europeus em 1968. Na década de 1970, principalmente a partir do lançamento do LP Pra seu governo, de Beth Carvalho, na etiqueta Tapecar, tornou-se um dos músicos mais requisitados em gravações e shows, como acompanhante, no sax e na clarineta.

Seu estilo original de tocar e marcado pelo improviso criou o que ficou conhecido como "escola brasileira de sopro", sendo herdeiro estilístico de Pixinguinha. Abel Ferreira se aposentou do rádio em 1971, mas permaneceu tocando em shows e gravações de choro e samba, acompanhando, entre outros, Beth Carvalho e Raul de Barros. Excursionou pelo Brasil com Ademilde Fonseca pelo Projeto Pixinguinha. Entre suas composições estão "Doce Melodia", "Chorando Baixinho" e "Acariciando".


contato@wmax.com.br
Álbuns (14)
Músicas (34)
# Música Álbum
1 Chorando Baixinho Solos de violão
2 Luar de Coromandel Abel Ferreira & Filhos - 1977 - LP
3 Levanta poeira Abel Ferreira & Filhos - 1977 - LP
4 Rio, meu choro Abel Ferreira & Filhos - 1977 - LP
5 Tânia Abel Ferreira & Filhos - 1977 - LP
6 Flor amorosa Abel Ferreira & Filhos - 1977 - LP
7 Chorinho do Sovaco de Cobra Abel Ferreira & Filhos - 1977 - LP
8 Acariciando Acariciando - 1978
9 Luar de Caxambu Acariciando - 1978
10 Velho Portugal menino Acariciando - 1978
11 Constantemente Acariciando - 1978
12 Sonho negro Acariciando - 1978
13 Melancolia Acariciando - 1978
14 Beijinho na orelha Acariciando - 1978
15 O que passou, passou Acariciando - 1978
16 Coração em férias Acariciando - 1978
17 Saudade gostosa Acariciando - 1978
18 Chorando baixinho Brasil, Sax e Clarineta - 1976 - LP
19 Sai da frente Brasil, Sax e Clarineta - 1976 - LP
20 Haroldo no choro Brasil, Sax e Clarineta - 1976 - LP
Powered by Music Collection for Joomla!